A empresa produtora de mobiliário Animovel, com sede em Frazão – Paços de Ferreira, pretende com este projeto de instalação de painéis fotovoltaicos uma redução das emissões de CO2 e um menor consumo energético, com redução anual na fatura de energia ativa consumida na fábrica estimada em 40,2%.

A Animovel concluiu no primeiro trimestre de 2020, em parceria com a EDP, na instalação de um sistema solar fotovoltaico. Este projeto conta com cerca de 747 painéis fotovoltaicos instalados na cobertura da fábrica de mobiliário, com potência instalada de 227,83 kWp, e garantia de produção mínima anual de 251,2 MWh de energia renovável. Esta aposta vai permitir uma autonomia energética superior a 40% do consumo total da empresa.

O projeto estima a redução da emissão de 158.000 Kg de CO2 por ano, prevendo-se assim no horizonte de 10 anos a poupança de 1,584.000Kg CO2.

“A realização deste investimento demonstra o nosso compromisso com o ambiente. A instalação de uma “Central Fotovoltaica” em regime de autoconsumo é mais um importante passo para a redução da fatura energética da Animovel. É também uma aposta clara em fontes renováveis para contribuirmos para a diminuição de dióxido de carbono na atmosfera”, refere o empresário Joaquim Carneiro, CEO da Animovel.

Para Joaquim Carneiro, “a solução adotada para o nosso autoconsumo energético é acompanhada por um sistema de gestão da produção da central fotovoltaica que permite ainda a injeção do excedente na rede”.

O empresário concluiu que “a aposta da Animovel na sustentabilidade ambiental e na poupança da fatura da energia, através de um dos recursos naturais mais importantes e com mais potencial no nosso país, como é a energia solar, contribuiu em larga medida para a competitividade da empresa que quer ser mais sustentável”.

Notícia também disponível no site AICEP Portugal Global:
http://www.portugalglobal.pt/PT/PortugalNews/Paginas/NewDetail.aspx?newId=%7B7FCD408E-5E4D-4D28-9AF1-F9DF306BDC89%7D